Histórico

1951 - Lei Estadual nº 550, de 07/12/1951: criação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras do Espírito Santo. A seção de Letras conta com três cursos: Letras Clássicas; Letras Novi-Latinas(sic) e Letras Anglo-Germânicas.

1954 - Lei Estadual nº 806, de 05/05/1954: criação da Universidade do Espírito Santo e incorporação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras como um de seus institutos universitários.

1956 - Decreto Federal nº 39.815, de 20/08/1956: o Governo Federal reconhece os cursos de Letras Neolatinas e Letras Anglo-Germânicas da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras do Espírito Santo da então Universidade do Espírito Santo.

1961 - Lei Federal nº 3868, de 30/01/1961: federalização da Universidade do Espírito Santo. A Universidade é integrada ao Ministério da Educação e Cultura.

2002 - Lei Federal nº 10.436, de 24/04/2002: reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais (Libras) como um meio legal de comunicação e expressão, oriundo de comunidades de pessoas surdas do Brasil.

2005 - Decreto Federal nº 5.626, de 22/12/2005: o Ministério da Educação fica incubido de criar cursos de graduação: i) de formação de professores surdos e ouvintes de educação bilíngue (Libras e Português) da Educação Infantil aos anos iniciais do Ensino Fundamental; ii) de licenciatura em Letras - Libras ou em Letras - Libras/Língua Portuguesa como segunda língua para surdos; iii) de formação em Tradução e Interpretação de Libras - Língua Portuguesa.

2006 - Início do primeiro curso de Licenciatura em Letras - Libras, oferecido na modalidade à distância pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

2008 - Início do primeiro curso de Bacharelado em Letras - Libras, oferecido na modalidade à distância pela UFSC.

2010 - Lei Federal nº 12.319, de 02/09/2010: regulamentação da profissão de tradutor e intérprete de Libras.

2013 - É aberto o processo para criação do curso de Letras-Libras - Bacharelado em Tradução e Interpretação da UFES. A comissão responsável pelo projeto do curso é composta pelos professores Jefferson Bruno Moreira Santana, Lucyenne Matos da Costa Vieira-Machado, Maria Clara Teles, Santinho Ferreira de Souza e Virgínia Beatriz Baese Abrahão.

2014 - Ingresso da primeira turma de Letras-Libras - Bacharelado em Tradução e Interpretação (curso 88), sob gestão acadêmica do Colegiado de Letras Neolatinas.

2018 - Criação do Colegiado de Graduação em Letras-Libras, formado pelos seguintes membros: Leonardo Lúcio Vieira-Machado (coordenador), Pedro Henrique Witchs (subcoordenador), Ademar Miller Júnior, Arlene Batista da Silva, Flávia Medeiros Álvaro Machado e Lucyenne Matos da Costa Vieira-Machado.

 

(Atualizado em 11 de março de 2020 pelo Prof. Dr. Pedro Henrique Witchs)
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910